Tudo género, tudo sexualidade – Parte 1

fffImagem elaborada por Magda Pacheco

Alguma vez ouviste falar em pessoas transgénero? E transexuais?

Provavelmente conheces um destes termos, talvez conheças os dois; talvez saibas, até, a diferença entre eles. E termos como cisgénero? Bigénero? Genderqueer? Estes provavelmente desconheces! Se calhar já ficaste surpreendido ao descobrir que alguém não se identificava segundo o género “com o qual se parece” ou já trataste alguém pelo pronome errado… pode acontecer a qualquer um de nós.

Neste e nos próximos artigos desta crónica abordaremos a identidade de género e o espectro em que ela se traduz. Para melhor o compreender há que saber que termos usar ou o que eles significam quando estás a conversar com alguém e ter a noção, logo à partida, de que há sempre mais a descobrir. Por isso, para começar, nada melhor do que um pequeno glossário:

Transgénero: alguém que sente que não encaixa na “categoria” que lhe foi socialmente atribuída em função do aparelho reprodutor com que nasceu e/ou que sente uma desconexão com o seu género e gender roles que este acarreta; no entanto, estas pessoas não sentem, necessariamente, que precisam de modificar o seu corpo ou identidade legal.

Transexual: termo médico criado para referir as pessoas que desejam que o seu sexo biológico corresponda à sua identidade de género, mudando assim o seu corpo através de hormonas e/ou cirurgias (note-se que nem todos os transexuais podem ou desejam ser submetidos a cirurgia nos seus genitais).

Cisgénero: pessoa cuja identidade ou expressão de género corresponde ao convencionado pela cultura da sociedade em que se encontra inserida tendo em conta o sexo que lhe foi atribuído à nascença.

FTM ou MTF: estes termos correspondem, respetivamente, a “Female to Male” (ou homem transexual) e “Male to Female” (ou mulher transexual).

Queer: termo que diz respeito à forma como algumas pessoas expressam a sua sexualidade ou identidade de género; este termo é, por vezes, usado como sinónimo da comunidade LGBT+.

Genderqueer: termo usado para descrever pessoas cuja identidade de género não vai de encontro à classificação binária (masculino/feminino) da sociedade.

Bigénero/Trigénero/Pangénero: pessoa que se identifica com ambos os géneros (ou por vezes um terceiro) e que flutua entre papéis tipicamente “masculinos” ou “femininos”.

Agénero: pessoa que não se identifica com nenhum género.

Estes são apenas alguns dos muitos termos sobre os quais podemos discutir e serão abordados de forma mais profunda em todos os artigos futuros. Como podes constatar, há uma imensa variedade de temas sobre os quais conversar, dentro de “tudo género e tudo sexualidade”.

Com esta crónica, que tratará de assuntos sobre tudo LGBT+, pretendemos dar-te a conhecer termos, histórias, leis, vidas… Toda uma cultura. Pretendemos ajudar-te a descobrir um pouco mais do mundo e das pessoas que te rodeiam e, quem sabe, ajudar-te a descobrir um pouco mais sobre ti.

Links úteis:
Rede Ex-Aequo
Ilga Portugal
Trevor Project
Genderqueer Identities

Maria Ana Alzamora