III AEICBAS Biomedical Congress

Pelo terceiro ano consecutivo, a AEICBAS organizou mais uma edição do AEICBAS Biomedical Congress – an innovative and multidisciplinary approach to life sciences. O III ABC ocorreu nos dias 20, 21 e 22 de março, contando com mais de 400 participantes das áreas de Medicina, Medicina Veterinária, Bioquímica, Ciências do Meio Aquático e Bioengenharia.

III ABC, Bioq, foto 24, Professor Pinto da Costa

Palestra de Bioquímica, com o Professor Pinto da Costa

A criação deste congresso surgiu em defesa do ideal “O médico que só sabe medicina, nem medicina sabe”, mostrando que cada vez mais a necessidade da interligação dos vários ramos da Ciência e da Saúde é acentuada. Conjugando esta realidade com o facto de o Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar ser o berço de ciclos de estudo de cinco diferentes áreas, nasceu o ABC.

III ABC, CMA, foto 21

Workshop de CMA

Durante três dias, a terceira edição do ABC espalhou-se por diversos locais do Porto, como o Complexo ICBAS/FFUP, o Centro Hospitalar do Porto, a Faculdade de Ciências e o Centro Clínico de Vairão, com o objetivo de proporcionar aos participantes uma experiência gratificante tanto em termos científicos e formativos, como no que toca a convívio e troca de ideias entre participantes, oradores, formadores e professores.

III ABC, foto 23, Vet

Workshop de Medicina Veterinária

As manhãs do congresso, que consistiram em palestras transversais para os diferentes cursos agrupando-os de acordo com os temas, contaram com oradores e especialistas em diversos campos que nos presentearam com temáticas diversificadas e inovadoras, dando azo a questões pertinentes e discussões intelectualmente estimulantes. Enquanto uns nos trouxeram novidades do outro lado do oceano, outros oradores revelaram-nos interessantes projetos desenvolvidos mesmo aqui, no nosso ICBAS, e até por alunos da Universidade do Porto, como os SEED do projeto Mars One. Também o concurso de posters permitiu aos nossos participantes demonstrar projetos que desenvolveram e dá-los a conhecer à comissão científica e à restante comunidade académica.

III ABC, foto bioeng

Workshop de Bioengenharia

Durante as tardes, os participantes rumaram ao local do ciclo de conferências específico para o seu curso e tiveram a oportunidade de aprender ainda mais e desafiar os sus conhecimentos teóricos e práticos, ao explorar temas não tão aprofundados nas Unidades Curriculares, e ao desenvolver capacidades importantes para o seu futuro profissional, sempre acompanhados por profissionais de renome nacional e internacional.

III ABC, Med, foto 25

A Operação Nariz Vermelho no III ABC

Para culminar este evento, ocorreu ainda o jantar de gala na Quinta de Sto. António em Paranhos, onde professores, oradores, participantes e comissão organizadora se reuniram para conviver e celebrar o III ABC, porque a ciência e o conhecimento exigem sempre bastante diversão, tal como provaram as nossas tunas, a TAB e a TFB, que fizeram questão de nos fazer companhia na sessão de encerramento.

A terceira edição do AEICBAS Biomedical Congress revelou assim seguir o exemplo das edições anteriores e continuar a dinastia de sucesso, tal como certamente acontecerá nas próximas. O ABC é a prova viva de que de uma pequena ideia podem surgir grandes acontecimentos. Resta agradecer a todos os que fizeram parte desta aventura pela descoberta e pelo conhecimento, desde os participantes e oradores à comissão científica e organizadora porque, tendo como palco o ICBAS, fizemos história mais uma vez.

 

Carolina Nogueira Pereira